Housing Project: What Makes Good Social Housing?

Tue, Mar 14    6:30pm

(scroll down for portuguese)

Opening of the exhibition that continues Studio-X Rio’s investigation into the challenge of housing, featuring a roundtable discussion with architects from MMBB, H+F, Vigliecca & Associados and Cité Arquitetura.

The exhibition examines the architecture of state housing, starting with the question “what makes good public housing?” Beginning with the example of Pedregulho, the emblematic housing complex created by Carmem Portinho and Affonso Eduardo Reidy in the 1940s, the exhibition presents three other contemporary cases - Jardim Edite, Parque Santo Amaro V and Residencial Colônia Juliano Moreira - to comprise a panel on the question. It also features contributions from architects, residents and academics who offer their perspectives on the planning and experience of these spaces.

On the occasion of the opening, there will be a roundtable discussion with:
Pablo Hereñú
Eduardo Ferroni, H+F Arquitetos
Neli Shimizu, Vigliecca & Associados
Marta Moreira, MMBB Arquitetos
Pablo Benetti, FAU UFRJ
Celso Rayol and Fernando Costa, Cité Arquitetura


Abertura da exposição que dá continuidade à investigação do Studio-X Rio sobre o desafio da moradia conta com mesa redonda com arquitetos do MMBB, H+F, Vigliecca & Associados e Cité Arquitetura.

A exposição investiga a arquitetura habitacional estatal a partir da pergunta “o que faz a boa habitação social?”. Tendo como ponto de partida o Pedregulho, emblemático conjunto criado por Carmen Portinho e Affonso Eduardo Reidy nos anos 1940, a exposição apresenta mais três casos contemporâneos - Jardim Edite, Parque Santo Amaro V e Residencial Colônia Juliano Moreira - para compor um painel sobre a questão. Seu conteúdo inclui contribuições de arquitetos, moradores e acadêmicos, que trazem suas perspectivas sobre o pensar e o vivenciar estes espaços.

Na ocasião da abertura haverá mesa redonda com Pablo Hereñú e Eduardo Ferroni (H+F Arquitetos), Neli Shimizu (Vigliecca & Associados) e Marta Moreira (MMBB Arquitetos), Pablo Benetti (FAU UFRJ) e Celso Rayol e Fernando Costa (Cité Arquitetura) sobre o projeto da habitação de interesse social.